Em Dia Nacional de Luta pela Educação, SIMPI promove assembleia e participa de protestos em Itabuna

O dia 15 de maio foi escolhido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e demais Centrais Sindicais para ser a data da Greve Nacional da Educação no ano de 2019, cujo objetivo principal foi unificar a luta dos professores e estudantes de todo Brasil contra os cortes nas...

SIMPI participa da XXXI Jornada Pedagógica e convoca professores para Greve Nacional nesta quarta, 15

Aconteceu na tarde desta segunda-feira, 13/05, no auditório da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) o lançamento da XXXI Jornada Pedagógica da Rede Municipal de Ensino de Itabuna, cujo tema é “Educação: linkando o Direito às Responsabilidades”. O evento organizado pela Secretaria Municipal de Educação contou com a participação de...

Professoras de Itabuna transformam a pedagogia do oprimido em pedagogia libertadora

Em tempos de constante ataque às instituições de ensino, um grupo de Professores da Rede Municipal de Itabuna comprova, por meio de práticas exitosas, que a educação é realmente transformadora. As pedagogas Miralva Cardoso e Rosilene Adelina estiveram no Sindicato do Magistério – SIMPI para um bate-papo, onde puderam contar...

Em véspera do dia do Trabalhador, SIMPI garante avanços e reajuste linear para Professores

Após enfrentar uma série de turbulências no início de 2019, com mudança de regime jurídico e suspensão de pagamento das mensalidades sindicais, finalmente a Secretaria de Educação Municipal e o Sindicato do Magistério – SIMPI conseguiram garantir um encontro com resultados satisfatórios para ambas às partes. Às vésperas do Dia...

Dias de Luta, dias de glória: enfim, férias!

Após uma longa jornada de trabalho, estendida por legitimas manifestações em prol da valorização profissional e da melhoria da qualidade de ensino nas escolas públicas municipais, os Professores de Itabuna, finalmente, entraram em período de férias no início do mês de abril. Os professores que lutaram até a última instância...

Em Dia Nacional de Luta pela Educação, SIMPI promove assembleia e participa de protestos em Itabuna

O dia 15 de maio foi escolhido pela Confederaç...

SIMPI participa da XXXI Jornada Pedagógica e convoca professores para Greve Nacional nesta quarta, 15

Aconteceu na tarde desta segunda-feira, 13/05, n...

Professoras de Itabuna transformam a pedagogia do oprimido em pedagogia libertadora

Em tempos de constante ataque às instituições...

Em véspera do dia do Trabalhador, SIMPI garante avanços e reajuste linear para Professores

Após enfrentar uma série de turbulências no i...

Dias de Luta, dias de glória: enfim, férias!

Após uma longa jornada de trabalho, estendida p...

Aniversáriantes

Banner
Banner
Segunda, 29 Novembro 1999 21:00

Projeto estatutário: uma manobra política de remendos e arbitrariedades

Avalie este item
(0 votos)

O Projeto de Lei nº 15/2018, proposto pelo Prefeito Fernando Gomes, tem por objetivo implantar o regime jurídico estatutário em Itabuna, o que significa dizer que todos os servidores públicos municipais deverão deixar de ser regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e passarão a se subordinar ao estatuto criado pelo atual prefeito. Ocorre que a medida é extremamente impopular, uma vez que a grande maioria do funcionalismo público, em especial a categoria de professores, é contra a alteração dos regimes.

Como forma de tentar convencer os servidores, o Governo tem emitido notas, informando que o estatuto trará benefícios, uma vez que seu texto foi baseado na Lei nº 8.112/90, que rege o funcionalismo público federal. O que eles não divulgam é que o texto do estatuto, além de ter sido criado sem a participação democrática das representações sindicais, já sofreu 150 emendas legislativas, o que revela a precariedade do texto inicial. “Nunca fomos convidados pelo Poder Executivo para discutir o projeto, tampouco os impactos sobre os direitos já constituídos por cada segmento. Tomamos como surpresa o envio da matéria por parte do Prefeito e só conseguimos garantir algumas reuniões com os Vereadores após muita mobilização dos sindicatos e das categorias”, afirma Maria do Carmo Oliveira (Profa. Carminha), Presidente do Sindicato do Magistério – SIMPI.

De acordo com as representações sindicais, se o texto do estatuto for aprovado, os servidores não poderão mais se socorrer da Justiça do Trabalho, pois a competência para apreciação das ações passará, automaticamente, para Justiça Comum Estadual, que é conhecida por ser lenta e pouco especializada em matéria laboral. Outro agravante, é que o servidor regido por estatuto perde direito ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, um direito assegurado no regime celetista. “Até o momento não foi apresentado em que o Governo aplicará os R$ 1.300.000,00 que economizarão com a retirada do FGTS. Na verdade, teremos outros prejuízos, pois a proposta de 1% de anuênio foi recusada e o projeto de lei visa apenas o quinquênio, o que representará um retrocesso, sobretudo para os professores, que possuem direito ao triênio, por força do Plano de Carreira”, complementa Carminha, que relembra, ainda, que até o momento, o Governo não promoveu nenhum encontro entre as categorias e a superintendência da Caixa Econômica para discutir a individualização do FTGS.

Os sindicatos demonstram-se inconformados com a insistência do Prefeito Fernando Gomes em aprovar a matéria, uma vez que estudos realizados por especialistas acerca dos gastos com funcionários comissionados no município já ultrapassam a casa dos hum milhão de reais mensal, valor este proporcional ao que é pago de Fundo de Garantia aos Servidores. A próxima sessão para discussão da matéria na Câmara Municipal está prevista para ocorrer no dia 29 de agosto, mas as coisas andam nebulosas, pois a reunião que estava prevista para acontecer hoje, 23/08 entre o Relator do projeto Beto Dourado (PSDB) e as representações sindicais foi adiada repentinamente. Os sindicatos aguardam uma manifestação da Câmara, tendo em vista que as categorias ainda se mantêm contrárias à implantação do regime.

Fonte: ASCOM SIMPI

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Visitantes Online

Nós temos 209 visitantes online

Contador de Visitas

4506851
TodasTodas4506851

Calendário