SIMPI vence nova ação judicial e professora readquire direito ao AC

Mais uma vez o Departamento Jurídico do SIMPI garante o retorno de direitos dos professores. Desta vez, a beneficiada foi a professora Márcia de Moura, que leciona para as turmas do 4º e 5º ano e teve o seu adicional de atividade de classe retirado pela Ex-Secretária de Educação, Anorina...

SIMPI instala mesa de negociação e discute Campanha Salarial

Após uma série de intercorrências recentes no governo municipal, finalmente o Sindicato do Magistério – SIMPI, conseguiu dar início à instalação da mesa de negociações referente à Campanha Salarial dos Professores, cujo lema este ano é “#VouÀLuta para cada corte de direitos”. Participaram da assentada na tarde de hoje, 09/07,...

Professores lotam a Câmara e lutam contra a implantação do Regime Estatutário

A saga dos professores da Rede Municipal de Itabuna contra a mudança do regime jurídico continua. Na tarde desta terça-feira, 26/06, dezenas de educadores, reunidos pelo Sindicato do Magistério – SIMPI ocuparam a plenária da câmara municipal para informar aos vereadores que a categoria é contra a alteração do regime...

SIMPI convoca TODOS os Professores para comparecer à Câmara Municipal na próxima terça, 26 de junho.

A Diretoria do Sindicato do Magistério – SIMPI esteve hoje, 21/06 na Câmara de Vereadores de Itabuna para acompanhar a leitura do projeto que visa alterar o regime jurídico dos servidores públicos municipais de celetista para estatutário. O Relator do projeto será o Vereador Beto Dourado e a discussão da...

SIMPI cobra pagamento de salário de Professores em desvio de função

A Diretoria do Sindicato do Magistério – SIMPI, juntamente com uma comissão de representantes de professores em desvio de função, foi recebida na manhã desta quinta, 14/06 pelos Secretários da Fazenda e da Administração, Moacir Messias e Dinailson Nascimento, bem como pelo Diretor Financeiro da Secretaria de Educação, Fábio Melo,...

SIMPI vence nova ação judicial e professora readquire direito ao AC

Mais uma vez o Departamento Jurídico do SIMPI g...

SIMPI instala mesa de negociação e discute Campanha Salarial

Após uma série de intercorrências recentes no...

Professores lotam a Câmara e lutam contra a implantação do Regime Estatutário

A saga dos professores da Rede Municipal de Itab...

SIMPI convoca TODOS os Professores para comparecer à Câmara Municipal na próxima terça, 26 de junho.

A Diretoria do Sindicato do Magistério – SIMP...

SIMPI cobra pagamento de salário de Professores em desvio de função

A Diretoria do Sindicato do Magistério – SIMP...

Aniversáriantes

Banner
Banner
Segunda, 29 Novembro 1999 21:00

Diretoria do SIMPI cobra pagamento de 13º salário dos Professores

Avalie este item
(0 votos)

O Sindicato do Magistério Municipal (SIMPI) enviou na manhã desta sexta, 22/12, um ofício cobrando do governo o pagamento imediato da segunda parcela décimo terceiro salário da categoria de professores municipais. O SIMPI informa que, caso o pagamento não seja efetuado, irá proceder a reclamações na Justiça e no Ministério Público do Trabalho, bem como promover, junto à categoria, ações de mobilização.

O décimo terceiro salário é um direito constitucional de todo trabalhador e a lei determina que a sua segunda parcela deva ser paga até o dia 20 de dezembro. O município de Itabuna descumpriu o prazo e, até o momento, efetuou o pagamento de alguns poucos professores. De acordo com o Secretário da Fazenda de Itabuna, Moacir Messias, havia em caixa, apenas, R$ 1.700.000,00, valor insuficiente para pagar todos os professores. “O que nos foi informado é que a Secretária da Educação autorizou o pagamento dos professores com menores salários, já que não haveria como pagar a todos de uma só vez”, relata Maria São Pedro, Dirigente Sindical que obteve informações do Secretário da Fazenda.

Na última rodada de negociação, o Governo havia sinalizado que possivelmente o pagamento aconteceria nesta sexta, 22, mas diante da inércia do município, o Sindicato enviou o ofício justamente para exigir que este prazo limite seja respeitado. “Estamos cobrando aquilo que é garantido na constituição e na CLT. O governo deveria ter se organizado para evitar situações como esta. Na próxima semana teremos assembleia e o não pagamento do décimo poderá gerar suspensão imediata das atividades docentes”, finaliza Carminha Oliveira, Presidente do SIMPI.

Fonte: Ascom SIMPI

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Visitantes Online

Nós temos 84 visitantes online

Contador de Visitas

3604349
TodasTodas3604349

Calendário