SIMPI participa da 2º Greve Geral em defesa da aposentadoria e contra os cortes da educação

O dia 14 de junho está sendo marcado por mobilizações em todo país. As centrais sindicais, juntamente com os sindicatos de base promovem ao longo desta sexta-feira a 2ª Greve Geral de todas as classes trabalhadoras, cujo objetivo é demonstrar resistência ao atual texto da reforma da previdência, que atinge...

SIMPI promove assembleia para discussão de sábados letivos e convoca categoria para Greve Geral dia 14

O Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna – SIMPI promoveu, na tarde desta quarta-feira, 12/06 uma assembleia para que os professores que atuam nas séries iniciais, como também do 1º ao 3º ano pudessem se manifestar acerca da proposta da Secretaria Municipal de Educação (SME) que pretende compensar a...

Atenção: Sábados letivos e aplicação de horas extras não foram discutidos com o Sindicato

Na manhã desta sexta-feira, 07/06 a Diretoria do Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna – SIMPI tomou conhecimento do Ofício Circular nº 261/2019 da Secretaria Municipal da Educação, que informa o novo cronograma de atividades da pré-escola. Na proposta pedagógica apresentada pela SME com participação do Departamento da Educação...

SIMPI e Professores se unem aos estudantes em Tsunami da Educação

O dia 30 de maio está sendo marcado por manifestações em todo Brasil. Estudantes, professores e trabalhadores organizados promoveram o segundo “tsunami da educação”, uma onda de protestos contra os cortes promovidos pelo Governo Federal, que tem atingido tanto as universidades públicas quanto as escolas da educação básica. O evento...

Em Dia Nacional de Luta pela Educação, SIMPI promove assembleia e participa de protestos em Itabuna

O dia 15 de maio foi escolhido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e demais Centrais Sindicais para ser a data da Greve Nacional da Educação no ano de 2019, cujo objetivo principal foi unificar a luta dos professores e estudantes de todo Brasil contra os cortes nas...

SIMPI participa da 2º Greve Geral em defesa da aposentadoria e contra os cortes da educação

O dia 14 de junho está sendo marcado por mobili...

SIMPI promove assembleia para discussão de sábados letivos e convoca categoria para Greve Geral dia 14

O Sindicato do Magistério Municipal Público de...

Atenção: Sábados letivos e aplicação de horas extras não foram discutidos com o Sindicato

Na manhã desta sexta-feira, 07/06 a Diretoria d...

SIMPI e Professores se unem aos estudantes em Tsunami da Educação

O dia 30 de maio está sendo marcado por manifes...

Em Dia Nacional de Luta pela Educação, SIMPI promove assembleia e participa de protestos em Itabuna

O dia 15 de maio foi escolhido pela Confederaç...

Aniversáriantes

Banner
Banner
Segunda, 29 Novembro 1999 21:00

Diretoria do SIMPI cobra pagamento de 13º salário dos Professores

Avalie este item
(0 votos)

O Sindicato do Magistério Municipal (SIMPI) enviou na manhã desta sexta, 22/12, um ofício cobrando do governo o pagamento imediato da segunda parcela décimo terceiro salário da categoria de professores municipais. O SIMPI informa que, caso o pagamento não seja efetuado, irá proceder a reclamações na Justiça e no Ministério Público do Trabalho, bem como promover, junto à categoria, ações de mobilização.

O décimo terceiro salário é um direito constitucional de todo trabalhador e a lei determina que a sua segunda parcela deva ser paga até o dia 20 de dezembro. O município de Itabuna descumpriu o prazo e, até o momento, efetuou o pagamento de alguns poucos professores. De acordo com o Secretário da Fazenda de Itabuna, Moacir Messias, havia em caixa, apenas, R$ 1.700.000,00, valor insuficiente para pagar todos os professores. “O que nos foi informado é que a Secretária da Educação autorizou o pagamento dos professores com menores salários, já que não haveria como pagar a todos de uma só vez”, relata Maria São Pedro, Dirigente Sindical que obteve informações do Secretário da Fazenda.

Na última rodada de negociação, o Governo havia sinalizado que possivelmente o pagamento aconteceria nesta sexta, 22, mas diante da inércia do município, o Sindicato enviou o ofício justamente para exigir que este prazo limite seja respeitado. “Estamos cobrando aquilo que é garantido na constituição e na CLT. O governo deveria ter se organizado para evitar situações como esta. Na próxima semana teremos assembleia e o não pagamento do décimo poderá gerar suspensão imediata das atividades docentes”, finaliza Carminha Oliveira, Presidente do SIMPI.

Fonte: Ascom SIMPI

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Visitantes Online

Nós temos 183 visitantes online

Contador de Visitas

4593600
TodasTodas4593600

Calendário