Aniversáriantes

Banner

Dias de Luta, dias de glória: enfim, férias!

PDFImprimirE-mail

Após uma longa jornada de trabalho, estendida por legitimas manifestações em prol da valorização profissional e da melhoria da qualidade de ensino nas escolas públicas municipais, os Professores de Itabuna, finalmente, entraram em período de férias no início do mês de abril. Os professores que lutaram até a última instância por um reajuste salarial digno cumpriram suas obrigações perante a sociedade e concluíram os 200 dias letivos, conforme prevê a Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

A Presidente do Sindicato do Magistério – SIMPI, Profa. Carminha Oliveira parabeniza cada um dos professores que aderiram ao movimento grevista, que foram às ruas denunciar o descaso do atual prefeito com a educação e, ainda, trabalharam na conscientização dos demais colegas. “A Constituição é clara ao dizer que o direito de greve é individual, portanto, nosso trabalho constante é o de fortalecer a consciência de classe. A nossa união é necessária, sobretudo em momentos de ataques a direitos trabalhistas, sindicais e previdenciários. É preciso abrir mão dos interesses individuais em prol do coletivo”, afirma a líder sindical.

A Diretoria do SIMPI parabeniza também o Comando de Greve, um coletivo formado por professores que, juntamente com a equipe do sindicato, conduziam as manifestações e atos de protesto. “O comando é o nosso apoio no momento de greve. São trabalhadores conscientes, que nos ajudam com presença física, emocional e ideias para mobilizações. Graças ao apoio destes professores, nós conseguimos avançar nas negociações e garantir ganhos à categoria”, afirma Carminha.

A fim de evitar maiores danos no calendário letivo de 2019, a categoria concordou em parcelar o direito aos 45 dias de férias em dois momentos. Os primeiros 30 dias serão desfrutados agora no mês de abril e os outros 15 dias junto ao período natalino. “Agradecemos o apoio de todos os professores que lutaram bravamente pelos seus direitos. Boas férias categoria e desejamos que o retorno destes profissionais esteja alinhado ao lema e nossa Campanha Salarial deste ano que diz: ‘fortes na luta e firmes na união em tempos de opressão’”, finaliza a Presidente Sindical.

Fonte: Ascom SIMPI

 

Visitantes Online

Nós temos 246 visitantes online

Contador de Visitas

4632425
TodasTodas4632425

Calendário