Aniversáriantes

Banner

Secretária de Educação anuncia fim de convênio com o CISO e pede apoio para o fortalecimento do IMEAM

PDFImprimirE-mail

A Secretária de Educação de Itabuna, Profa. Nilmecy Gonçalves convidou diversas entidades vinculadas à educação pública para comunicar a decisão do Governo em romper com o convênio que o município possui com o Colégio Estadual Sesquicentenário (CISO). A reunião aconteceu na manhã desta sexta, 04/01 no gabinete do Prefeito e contou com a participação da Secretária de Governo, Maria Alice, bem como de representantes do Conselho Municipal de Educação (CME), do Fórum dos Secretários Municipais (FOSEC), da Associação dos Municípios da Região Cacaueira (AMURC), como também do Sindicato do Magistério (SIMPI).

De acordo com a Secretária, a decisão de rompimento com o convenio entre o município e o colégio CISO se deu pela necessidade de reordenar a rede, como também de otimizar os espaços públicos e reduzir despesas. A estratégia do Governo é investir no Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (IMEAM), que figura como o maior espaço de ensino do município e que este ano completa 40 anos. “Nós temos 17 salas ociosas no IMEAM, que seriam plenamente suficientes para receber os 900 alunos que estão alocados no prédio do CISO. Além disso, com o término do convênio economizaremos R$ 124.641,12 por ano com aluguel e R$ 11.500,00 com gastos de energia”, afirma Nilmecy Gonçalves.

O representante do Conselho Municipal de Educação, Edivaldo Alves, enfatizou que o colégio CISO não possui as condições necessárias para dar aos alunos o devido lazer e segurança. Além disso, declarou que se o IMEAM apresentar melhorias em suas instalações para receber esses alunos, será uma forma de resgatar a história e prestígio de uma das escolas mais tradicionais do município de Itabuna.

A Presidente do SIMPI, Profa. Carminha Oliveira afirmou que compreende os motivos do reordenamento, mas que o município precisa se atentar aos direitos dos 70 profissionais que estão atualmente lotados no CISO, como também criar as condições para que os alunos transferidos possam estudar sem qualquer prejuízo. “Essa discussão de rompimento de contrato de aluguel com o CISO, para efeito de redução de despesas, já ocorria desde 2015, mas fatores políticos impediram que a ex-secretária à época tomasse um posicionamento conclusivo. Enquanto sindicato estaremos acompanhando todo esse processo para que não haja predileções ou injustiças nas remoções dos professores”, afirma a líder sindical.

Quanto à escolha do IMEAM para recepcionar os alunos, o Governo acredita ser esta a melhor opção, tendo em vista que a escola fica próxima ao bairro de Fátima, possui fácil acesso e área de lazer e de estudo suficiente para comportar até 1.600 alunos. Na próxima quarta-feira, 09/01, a Secretária Nilmecy Gonçalves estará promovendo um encontro com os 70 profissionais lotados no CISO e o colegiado escolar no auditório da USEMI às 14h para esclarecer como se dará essa transição.

Fonte: Ascom SIMPI

 

Visitantes Online

Nós temos 142 visitantes online

Contador de Visitas

4282348
TodasTodas4282348

Calendário