Aniversáriantes

Banner

Sindicatos e Servidores lotam auditório do ICEI e clamam pela rejeição do regime estatutário

PDFImprimirE-mail

Os Sindicatos do Magistério (SIMPI), dos Guardas Municipais (SINDIGUARDAS), dos Agentes Comunitários de Saúde (SINDIACS/ACE) e dos Servidores (SINDSERV), realizaram na tarde desta quarta, 08/08, um encontro com as diversas categorias de servidores públicos no Instituto de Cultura Espírita de Itabuna (ICEI), com o objetivo de aprofundar as discussões acerca do projeto de lei que pretende alterar o regime jurídico de trabalho de celetista para estatutário, bem como demonstrar aos vereadores a insatisfação da servidão pública com a proposta de mudança.

Representando o Poder Legislativo, estiveram presentes os Vereadores Beto Dourado (PSDB), Júnior Brandão (PT) e Jairo Araújo (PC do B). De acordo com o Relator do Projeto, Vereador Beto Dourado, a matéria que trata do regime jurídico é de competência do Executivo, mas que os vereadores estão desenvolvendo emendas como forma de atender as exigências das categorias.

Os líderes sindicais reafirmaram que são contra o projeto estatutário, ainda mais quando resta perceptível que o município não tem gerenciado as finanças adequadamente. De acordo com os números apresentados no evento, entre os meses de maio e junho deste ano houve um aumento de R$ 100.000,00 (cem mil reais) apenas em gastos com comissionados, fazendo com que a folha dos não concursados chegasse a R$ 2.300.000,00 (dois milhões e trezentos mil reais).

Conforme explicação do Advogado do SINDSERV, Dr. Alberto Santos, é inconcebível que este projeto ainda esteja em tramitação, pois a sua formação não respeitou a lei orgânica municipal, que exige participação das entidades sindicais em sua construção. “Essa lei já começou errada. Precisamos pará-la agora”, afirma o advogado. Durante o evento, a Presidente do SIMPI, Profa. Maria do Carmo Oliveira (Carminha) pediu ao público que se manifestasse sobre o projeto de alteração de regimes e o auditório reagiu afirmando ser contrário à implantação do regime estatutário.

Dessa forma, o SIMPI e demais sindicatos convocam, novamente, suas categorias para que compareçam amanhã, 09/08, a partir das 13h na Câmara Municipal para que acompanhem a sessão de votação do parecer e peçam aos vereadores que se oponham ao projeto. “Iremos pedir o apoio a cada vereador, pois não é justo que um Prefeito que só passa quatro anos no poder, comprometa a vida de centenas de profissionais concursados que dedicam suas vidas ao serviço de nossa cidade”, finaliza a líder sindical.

Fonte: ASCOM SIMPI

 

 

Última atualização em Qua, 08 de Agosto de 2018 18:13  

Visitantes Online

Nós temos 79 visitantes online

Contador de Visitas

3991201
TodasTodas3991201

Calendário