Aniversáriantes

Banner

SIMPI cobra pagamento de salário de Professores em desvio de função

PDFImprimirE-mail

A Diretoria do Sindicato do Magistério – SIMPI, juntamente com uma comissão de representantes de professores em desvio de função, foi recebida na manhã desta quinta, 14/06 pelos Secretários da Fazenda e da Administração, Moacir Messias e Dinailson Nascimento, bem como pelo Diretor Financeiro da Secretaria de Educação, Fábio Melo, para discussão do atraso salarial dos profissionais da educação que estão atuando em outras funções fora das salas de aula.

A Presidente do SIMPI, Profa. Carminha Oliveira esclareceu que estes profissionais compõe o quadro de docentes da rede, portanto não devem ser tratados de forma diferente, sob pena de violação do princípio da isonomia. De acordo com o Governo, a queda na arrecadação do município tem impedido que o município honre com a folha de pagamento de toda rede e que os valores referentes ao Fundo de Participação do Município (FPM) têm sido muito inferiores ao estimado.

Ainda de acordo com a representação governamental, uma parte deste segmento deverá receber seu salário referente o mês de maio ainda hoje, mas que a outra parcela em atraso, deverá receber na próxima quarta-feira, 20 de junho. Na oportunidade a Profa. Cláudia Ramos externou sua indignação e enfatizou que a situação dos atrasos salariais está ficando insustentável. “Somos tratados de qualquer maneira pelo governo. Muitos dos nossos problemas de saúde adquirimos em nossa docência e hoje não temos nem o salário em dia para comprarmos nossos medicamentos”, lamenta a professora.

O SIMPI, por sua vez, afirmou que estes professores não deverão trabalhar até recebimento de seus salários e alertou que o Departamento Jurídico da entidade já está preparando uma nova reclamação trabalhista para ajuizar na Justiça do Trabalho. Quanto à instalação da mesa de negociação para abertura das discussões atinentes à campanha salarial da categoria, o Governo deixou a critério do sindicato o agendamento da data, tendo em vista que o SIMPI precisa compatibilizar as datas com a presença do Consultor Jurídico da entidade, Dr. Tadeu Cincurá.

Fonte: ASCOM SIMPI

 

Última atualização em Qui, 14 de Junho de 2018 23:01  

Visitantes Online

Nós temos 103 visitantes online

Contador de Visitas

3683533
TodasTodas3683533

Calendário